Steve Jobs não queria os produtos da Apple em branco

20131202-001352.jpg

Leander Kahney o autor do livro “Jony Ive: o gênio por trás os grandes produtos da Apple”, menciona nas páginas do seu livro que aquilo que hoje é uma das imagens de marca dos produtos da Apple era detestado por Steve Jobs. A ideia dos produtos brancos inicialmente era rejeitada pelo gênio da Apple, apesar de em 2001 começarem a sair os produtos brancos Steve não era nada apologista dessa mentalidade.
Para remediar a aversão de Jobs ao branco, os designers começaram a criar variações de branco para pelo menos conseguirem obter alguma felicidade do chefe de design. Algumas variações das cores apresentadas a Steve Jobs eram o que chamavam de “branco nuvem”, “branco neve”, “branco glaciar” e “cinza lua”. Ele acabou por gostar tanto do “cinza lua” que utilizou essa cor num teclado e no cabo dos auscultadores do iPod.
Doug Satzger, um dos antigos elementos da equipa de design da Apple diz no livro “O cinza lua e cinza concha eram tons desenvolvidos por nós na Apple, e que estavam tão perto de branco como pareciam quase branco, mas eram na verdade cinza”. Isto acabou por agradar Steve Jobs e tornar o “branco” possível nos seus produtos.

Advertisements

Deixar uma opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s