President Barack Obama delivers a health care address to a joint session of Congress at the United States Capitol in Washington, D.C., Sept. 9, 2009. (Official White House Photo by Lawrence Jackson)
 
This official White House photograph is being made available only for publication by news organizations and/or for personal use printing by the subject(s) of the photograph. The photograph may not be manipulated in any way and may not be used in commercial or political materials, advertisements, emails, products, promotions that in any way suggests approval or endorsement of the President, the First Family, or the White House.

A Apple foi ouvida no Congresso Americano pelo caso da Encriptação

Durante o dia de ontem, mais concretamente por cerca de cinco horas e meia, a Apple foi ouvida no Congresso Americano. Nesta audiência a Apple saiu vitoriosa contra o FBI. Em causa está a encriptação dos seus dispositivos e a segurança de dados, assim como a privacidade dos seus utilizadores.

Apple FBI o futuro é mac

A audiência foi dividida em dois painéis:

Panel I
● The Honorable James B. Comey, Director, Federal Bureau of Investigation

Panel II
● Mr. Bruce Sewell, Senior Vice President and General Counsel, Apple, Inc.
● Ms. Susan Landau, Professor, Worcester Polytechnic Institute
● Mr. Cyrus R. Vance, Jr., District Attorney, New York County

Para quem não sabe o que está a acontecer, deixo aqui uma breve e rápida explicação.

No dia 2 de Dezembro de 2015, junto a um campo de golfe, em São Bernardino, Califórnia, nos Estados Unidos foi alvo de um tiroteio. Esse tiroteio provocou 14 mortes e 17 feridos. Dois dos autores do massacre foram abatidos no local pela polícia, e o terceiro colocou-se em fuga tendo sido abatido mais tarde.

Esse acto não foi reivindicado como um acto de terrorismo, mas depois de analisada a cena do crime, o FBI devido a várias provas encontradas no local e à nacionalidade dos autores considerou o acontecimento como um acto de terrorismo.

Como o FBI não conseguiu obter informações suficientes sobre os autores, sobre a premeditação do evento, solicitou à Apple o desbloqueio de um dos iPhones utilizados pelos autores. A resposta da Apple foi “curta e grossa”, não! Uma nega que não deixou ninguém satisfeito para os lados do FBI.

Deste modo o FBI avançou com um processo judicial contra a Apple, para a mesma ser obrigada a desbloquear não 1 mas 12 dispositivos referentes a outros casos.

A Apple não está sozinha nesta guerra para proteger a a encriptação e segurança de dados dos utilizadores. Recentemente  juntaram-se a esta causa da gigante de Cupertino o Facebook, a Google e a Microsoft naquele que promete ser o maior caso da década.

Um comentário sobre “A Apple foi ouvida no Congresso Americano pelo caso da Encriptação

Deixar uma opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s